fbpx

Há quem pense que varizes são apenas uma questão estética e não dá a devida importância à doença crônica, que atinge principalmente as veias dos membros inferiores. Assim que forem notados os sintomas, como dor, cansaço e inchaço nas pernas e coceiras na pele em cima da veia varicosa, um angiologista deve ser procurado para que o tratamento seja iniciado e, assim, evitar que as varizes resultem em quadros mais graves.

 

Os riscos das varizes

As varizes, se não forem cuidadas, seja com acompanhamento médico ou mudança de hábitos, podem gerar complicações que são temidas por muitas pessoas, como as flebites, tromboses e um tromboembolismo pulmonar.

Os problemas não se restringem aos mais graves. As chamadas “lesões locais” podem comprometer até o dia a dia do doente, como lembra o angiologista Carlos Peixoto: “A ocorrência de lesões locais como úlceras e manchas na pele são situações que podem determinar a incapacitação da pessoa e o seu afastamento profissional.”

 

Tratamento para os casos graves

Como dito acima, quando se fala em gravidade no assunto, flebite, trombose e tromboembolismo pulmonar são as complicações mais delicadas. E, por isso, possuem uma atenção especial. “O tratamento passa pelo tratamento local com cremes, medicação oral, como anti-inflamatórios e anticoagulantes”, conta Peixoto.

O médico ainda diz que na ocorrência do tromboembolismo pulmonar, o paciente, algumas vezes, pode até correr risco de morte: “A internação hospitalar se faz necessária para se tomar as devidas medidas clínicas e ter controle dos sinais vitais e do uso de anticoagulantes, que são os medicamentos específicos para o tratamento desta doença.”

Dr. Carlos Peixoto é angiologista e presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ). CRM: 52509860-RJ

DR. CARLOS PEIXOTO

Angiologia e Cirurgia Vascular
CRM 509860 RJ

Por que as varizes são mais comuns em mulheres?

Você sabia que as varizes, aquelas veias que acabam ficando deformadas e visíveis a olho nu e que causam inchaço e dores, normalmente nos membros inferiores (pernas e pés), são mais comuns entre as mulheres? O angiologista Carlos Peixoto explica que os culpados são os...

ler mais